Portal da Cidade Rio das Pedras

CORONAVÍRUS

Estado de SP reduz tempo de quarentena para vacinados que contraírem COVID-19

Isolamento para quem tiver sintomas será de sete dias e para os assintomáticos, de cinco dias; Ministério da Saúde também estuda mudanças.

Postado em 11/01/2022 às 11:37 |

(Foto: Divulgação)

A Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo reduziu o período de quarentena para pessoas infectadas com o novo coronavírus que já tenham se vacinado. A recomendação agora é de isolamento de sete dias para pessoas que apresentem sintomas e de cinco dias para os assintomáticos.

Mudanças no período de quarentena já haviam sido adotadas em recomendações de autoridades dos Estados Unidos, França e no Rio de Janeiro. O Ministério da Saúde também estuda uma mudança nesse prazo.

O titular da pasta da Saúde paulista, Jean Gorinchteyn, pontuou, no entanto, que é preciso avaliar de forma correta o início dos sintomas. Segundo ele, a transmissão ocorre nos primeiros três dias de sintomas. Os prazos estabelecidos são de comum acordo com o Ministério da Saúde, segundo Gorinchteyn.

Há duas semanas, o Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla original) também adotou o novo intervalo de isolamento como recomendação para os infectados pela COVID nos Estados Unidos. A orientação é que, após cinco dias, aqueles que não apresentem sintomas da doença ou já estejam imunizados possam retomar o convívio social desde que usem máscara facial por mais cinco dias quando estiverem com outras pessoas.

"A mudança é motivada pela demonstração científica de que a maior parte da transmissão ocorre no início do curso da doença, geralmente um a dois dias antes do início dos sintomas e dois a três dias depois", disse o órgão. Para todos os cidadãos expostos ao coronavírus, o CDC também recomenda um teste de antígeno no quinto dia após a exposição".

Caso haja sintomas, a quarentena se torna imediatamente obrigatória, até que um novo diagnóstico confirme que os sintomas não são atribuíveis à COVID-19. A medida, porém, divide cientistas.

O Ministério da Saúde também estuda uma mudança parecida. O ministro Marcelo Queiroga disse na última 6ª feira (7.jan) que o assunto está sendo debatido e que há relatos na comunidade científica sobre a segurança de se adotar a redução da quarentena para infectados pela COVID-19.

O governo brasileiro também estuda a redução do tempo de isolamento de pessoas infectadas com COVID-19 e que estão sintomáticas. Queiroga não confirmou, no entanto, qual seria o novo prazo.

“Estamos discutindo isso com a equipe técnica e vamos passar uma posição definitiva", disse Queiroga.

Atualmente, o isolamento recomendado é de 10 dias, segundo o Guia de Vigilância Epidemiológica.




🟩 Quer fazer parte da nossa lista de TRANSMISSÃO e receber as notícias do Portal da Cidade no seu WhatsApp? Salve nosso número (19) 99228-0762 na sua agenda de contatos e depois envie um WhatsApp com seu nome. Pronto, já estará fazendo parte da nossa lista de transmissão e vai receber as notícias e ficar por dentro de tudo de Rio das Pedras e região.

🟩 Ou se preferir CLIQUE AQUI para participar do GRUPO do Portal da Cidade Rio das Pedras e receba as informações e fique atualizado! ‎Não se preocupe, somente nosso número conseguirá fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados.

📱 Facebook

📱 Instagram

📺 YouTube

📱 Twitter

🎥 Câmera ao Vivo da Cidade

Fonte:

Receba as notícias de Rio das Pedras no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias